Next pageArchive

mpdrolet:

The Beatles, during the filming of A Hard Day’s Night, 1964
David Hurn

"Love is too precious to be ashamed of."

- Laurell K. Hamilton, A Stroke of Midnight (via observando)

(via dexprima-se)

"Eu gosto de pessoas malucas, que não ligam pra nada."

- Robert Pattinson.  (via profanaste)

(Source: okbeijos, via uma-rasta-de-jah)

cloud iridescence — caused as light diffracts through tiny ice crystals or water droplets of uniform size, usually in lenticular clouds — photographed by rolf kohl. (more cloud pics)

(via jazzyfunkaholic)

"I hope you meet someone who wants to experience you and not just see you by their eyes. Someone who doesn’t only want to have sex with you but moves their fingers over your body like trying to find a city on a world map and mark their favourite destinations. Someone who wants to experience you like a masterpiece. whenever we observe a masterpiece we get the urge to touch it and most of the time we do, involuntarily, because it’s so perfect that we not only want to see it with our eyes and forget it’s details later on because I read somewhere that every time you recall a memory your brain edits it bit by bit so we long to experience it so that each part which contributes to it’s perfection stays with us afterall how scary it would be to forget how perfect you felt. So I hope someone experiences you like a summer breeze stroking your hair, like the warmth of bonfire on a chilly winter night, like the taste of that traditional homemade dish by a mother for her children who’s taste forever lingers in their mouth. I hope you find someone who justifies in treating you like the perfect art you are."

- The most beautiful submission ever sent to me from - sadgirlslikebadboys (via thejamesboyle)

this is fuming beautiful

(via hazeldeeznuts)

(via teavibes)

"E se o mundo acabasse amanhã? Você enviaria aquela mensagem dizendo todas as palavras que sua mente ensaiou por tanto tempo mas não teve coragem de proferir em voz alta? Você pediria desculpas por abandonar aquela amizade tão especial que acabou sem motivo algum? Você correria atrás daquela pessoa que se foi pelos caminhos da vida e que te fez tanta falta? Você daria um abraço apertado no seu pai depois de cinco anos ignorando sua existência? Você diria que ama sua mãe mesmo após anos praguejando sobre como ela atrapalha seus planos? Você seria grato a seus professores que tanto te ensinarem e instruíram? Você abraçaria pessoas desconhecidas na rua e desejaria o bem a elas? Você perdoaria seus inimigos e lhes daria um último sorriso? Daria ouvidos a coração e pediria um pouco de silêncio ao cérebro? Diria ”eu te amo” pela primeira vez? Perdoaria aquela pessoa tão especial que não perdoou anteriormente apenas por orgulho bobo? Abriria a porta para alguém que ficou ali fora na chuva te esperando todo esse tempo? Não teria medo se machucar, cair, decepcionar? Correria contra todo o tempo que desperdiçou? O mundo entraria em colapso. Um verdadeiro caos. Veríamos amor por todos os lados. Perdão. Lágrimas. Abraços. Sorrisos. Reencontros. Despedidas. As pessoas se preencheriam de sentimentos ao mesmo tempo em que expulsariam toda a futilidade. Que se dane suas casas de cercas brancas, celulares de alta tecnologia, computadores que fazem de tudo, camas confortáveis, roupas caras, e tudo isso que você considera essencial e indispensável para sua existência. Porque no fim, o que realmente importa, é estar do lado de quem você ama. No fim você percebe que o ser é muito mais do que o ter, e que talvez você não tenha ”sido” tanto quanto gostaria de ser. Está esperando o quê? Amanhã não é o fim do mundo, mas todo dia é dia de você fazer tudo aquilo que faria se amanhã fosse seu último dia. Entendeu? Tic-tac. Tic-tac. Já está perdendo tempo."

- (via mmfernanda)

(via nanaortiz)